No dia Nacional da Educação a Distância, Faculdade IESM promoveu o I Seminário de EAD

A educação a distância (EAD) cresce como nunca no Brasil. O salto, em 2017, foi de 17,6%, segundo o Censo da Educação Superior, produzido e divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Foi o maior salto desde 2008.

A expansão, que diz respeito ao número de matrículas (1,7 milhão), é seguida pelo investimento crescente de pequenas e médias instituições de ensino superior (IES) e polos adeptos à modalidade. E o melhor: os bons resultados devem continuar. Não faltam, portanto, motivos para comemorar o Dia Nacional da EAD, em 27 de novembro.

Celebrado desde 2003, por inciativa da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), o Dia Nacional da EAD também é um momento de reflexão. Afinal, junto do crescimento vem os desafios. Estima-se que, em 2023, haja um ponto de virada: a modalidade receberá, pela primeira vez, mais entrantes do que o ensino presencial.

Fonte: Desafios da Educação